ilustração_.png

SOBRE NÓS

O Samaritanos surgiu da inquietação de 14 jovens da paróquia de Casa Forte, provocados por Bernardo Ferraz, a iniciarem um projeto social que desenvolvesse um trabalho mais concreto pelas pessoas em situação de rua.

Desde as primeiras reuniões, a ideia já era ir além do alimento, conseguir contribuir de modo mais efetivo para mudança de vida daqueles que escolhemos atender.


Na primeira noite, em 2015, saímos com 30 marmitas de cuscuz com salsicha, alguns pães e café. Recebemos muito mais do que doamos naquele dia (e em todos os que se seguiram).

O desafio mostrou-se bem maior que o esperado e entendemos a necessidade de trabalhar em rede para conhecer melhor a complexidade da população em situação de rua e suas demandas, bem como somar forças para atendê-la melhor.

Em 2016, já ajudamos a articular o coletivo Unificados pela População em Situação de Rua, formado por vários projetos que atuam com esse público.

No mesmo ano, entendendo como essencial a luta por Direitos da pop rua, articulamo-nos com as Defensorias Públicas do Estado e da União para facilitar o acesso à justiça e às instituições por meio do nosso evento em forma de mutirão, o Samaritanos Ventura, evento ocorre a cada 04 meses.

Ainda em 2016, começamos a participar de espaços de discussão sobre direitos da população em situação de rua (PSR), fazendo parte do Comitê Intersetorial Municipal de Atendimento à PSR (Comitê Pop Rua Recife), sendo eleitos em 2019 para integrar o comitê com assento e voto.

Também em 2019, fomos nomeados pelo Governo do Estado para o Comitê Intersetorial de Políticas Públicas para População em Situação de Rua - Comitê Pop Rua Pernambuco, para atuar como sociedade civil organizada.

Em ambos os espaços, estamos trabalhando para construir a Política Municipal e a Política Estadual de Atendimento às Pessoas em situação de Rua.

 

Em junho de 2017, fomos selecionados pelo Porto Social, a primeira incubadora de projetos sociais do Brasil e ficamos incubados durante um ano e meio, recebendo mentorias e um programa educacional voltado ao empreendedorismo social.

Em 2019, fomos selecionados para continuar no programa de Incubação como Membros Pumps, uma nova etapa mais aprofundada que vai nos instrumentalizar ainda mais para projetos com mais impacto social.

Em 2018, nos formalizamos como Associação sem fins Lucrativos, os tornando oficialmente uma ONG ou Organização da Sociedade Civil.

Em meio a tudo isso inovamos em eventos, ações e projetos, crescemos em número de voluntários e no alcance de nossa atuação.

Atualmente, são 04 projetos sendo executados para atender as várias demandas da pop rua, quase uma dezena de eventos por ano, 12 comissões formadas por centenas de voluntários atuando com suas expertises, dezenas de parcerias e articulações com empresas, projetos sociais e entidades públicas,

tudo para criar mais oportunidade para quem mais precisa.

Vamos juntos?